editorial ONZE

editorial ONZE
 

Com o número #ONZE da revista Estudo Prévio, damos continuidade ao projeto editorial inicial - situado na academia, promovendo reflexão e partilha de conhecimento através da palavra dita e escrita, cruzando saberes e investigações de diferentes localizações geográficas e profissionais – alargando o âmbito das colaborações já estabelecidas pela revista ao longo dos últimos 6 anos.

 

Num momento em que o debate em torno da investigação científica ganha contornos novos – nomeadamente face às inúmeras exigências de indexação, associadas a uma certa normalização da transmissão do saber -, e em que a definição do papel da investigação na arquitetura se intensifica, consideramos fundamental apostar em eixos temáticos inovadores e em abordagens heterogéneas dos vários saberes que concorrem para o pensamento sobre cidade e arquitetura. O facto de a estudoprévio estar ligada a uma escola de arquitetura com uma forte tradição projetual convida-nos a publicar experiências práticas, que possam contribuir para uma construção teórica mais alargada. Contudo, não podemos também abandonar abordagens mais convencionais, resultantes de décadas de produção de pensamento científico.

 

Neste sentido, compusemos um número heterogéneo, começando com uma entrevista ao arquiteto paisagista João Gomes da Silva, também professor na UAL, e alargámos o espetro das temáticas abordadas, com um conjunto de artigos sobre a cidade de Lisboa, e outros tantos baseados em teses universitárias, sobre temas diferenciados como a arquitetura recente na Turquia ou a coluna como elemento arquitetónico. Também pudemos contar com duas recensões críticas sobre livros que incidem sobre a cidade de Lisboa: "A internacionalização de Lisboa - paradiplomacia de uma cidade" e um clássico, "O livro de Lisboa”, o que faz deste número um reflexo do interesse crescente pela cidade que habitamos, num momento específico do seu crescimento social, turístico e económico. 

 

estudoprévio linha editorial

 

A revista ESTUDO PRÉVIO é uma publicação semestral do Centro de Estudos de Arquitetura, Cidade e Território da Universidade Autónoma de Lisboa (CEACT/UAL).

Com esta publicação queremos projetar um lugar novo onde a partilha do conhecimento pode ser feita com a naturalidade de uma conversa, com o rigor de um artigo técnico, com a apresentação de um livro ou ainda através o debate aberto na comunidade digital.

A proposta de criar mais uma revista de arquitetura foi, desde o início, um desafio para escolhermos um caminho um pouco diferente e por isso criámos uma linha editorial centrada nas condições reais que determinam a produção arquitetónica ainda antes de qualquer esquiço ou maqueta, ou mesmo ainda antes de sermos arquitetos.

A permanente Crise, as constantes Catástrofes Naturais, o desenvolvimento dos Subúrbios serão certamente temas que queremos aprofundar nesta publicação, mas também outros temas que condicionam e influenciam a arquitetura portuguesa como o número de arquitetos em Portugal a chegar aos 20.000, o número de arquitetos à beira do Desemprego e por outro lado a crescente diversidade de Novas Profissões onde os arquitetos conseguem dar o seu contributo.

Queremos que esta seja uma publicação que faça um ESTUDOPRÉVIO sobre o ensino e a prática em arquitetura e que amplie o debate sobre as condições e as condicionantes da nossa profissão, para que possamos continuar a evoluir através da partilha de experiências, de opiniões e de trabalhos de investigação. Só assim poderemos construir uma base sólida, aberta à procura de soluções para os novos problemas e desafios que o mundo enfrenta nos dias de hoje.

O núcleo desta publicação centra-se nas Entrevistas e no sistema aberto de Submissão de Artigos. As Entrevistas são focadas em gerar conversas que flutuam entre as práticas pedagógicas, de investigação e profissionais de cada entrevistado e podem ser lidas, em português e inglês, mas também podem ser ouvidas diretamente no site; os Artigos funcionarão em sistema de call-for-papers, selecionados pelo conselho editorial.

No mesmo projeto temos ainda espaço para promover o convite à leitura, fazendo apresentações de livros recentemente publicados, mas também de clássicos – livros que se tornaram importantes referências para a Arquitetura.

 

filipa ramalhete + joao caria lopes